O que são demonstrações contábeis? Entenda esse documento vital

Que a contabilidade é essencial para a saúde, gestão e planejamento dos negócios ninguém duvida. Ela é a ciência responsável por gerar informações úteis e de qualidade sobre as organizações. Ela informa os tomadores de decisões (como os proprietários, gerentes, governo, bancos, investidores etc.) sobre a situação da empresa, a fim de que possam fazer as melhores escolhas possíveis. E as Demonstrações Contábeis são grande parte disso.

Você quer saber quais são esses documentos e como eles podem ajudar na tomada de decisão dos rumos de sua empresa? Então continue, porque esse é o assunto do post de hoje!

O que são as Demonstrações Contábeis?

São diversos documentos, gerados pela contabilidade, que têm o objetivo de informar diversos dados de uma empresa. Sua obrigatoriedade, frequência e forma seguem uma série de normas e leis que asseguram a padronização e a qualidade.

Quais são as Demonstrações Contábeis?

Balanço patrimonial

Tido como o principal demonstrativo contábil, o balanço patrimonial é o “retrato” da situação patrimonial da empresa. 

Ele mostra a origem dos recursos, no lado direito (o “passivo”) e a aplicação desses recursos em seu lado esquerdo (o “ativo”). Além de apresentar o que a empresa tem e o que deve, uma análise detalhada pode mostrar, entre várias outras coisas, indicadores importantes, como composição e urgência de suas dívidas, estrutura de seus recursos e níveis de liquidez (facilidade em transformar seus bens em dinheiro). É obrigatório para todas as empresas.

Demonstração do Resultado do Exercício

Chamada popularmente de DRE, é o demonstrativo que apresenta, como o nome indica, o resultado entre as receitas, despesas e custos no exercício. 

É essa demonstração que mostra se a empresa teve lucro ou prejuízo no período analisado, além de servir como base no cálculo de tributos, como o IRPF e o CSLL. É essencial para medir o sucesso da empresa no período. Também é obrigatório para todas as empresas.

Demonstração do Fluxo de Caixa

O DFC, como é comumente chamado, faz referência aos fluxos de entrada e saída de dinheiro (e outros equivalentes de caixa). Sua análise permite entender os ciclos (entre pagamentos e recebimentos) da empresa, além de ser um termômetro da saúde financeira da organização. Obrigatório para a maioria das empresas.

Demonstração da Mutação do Patrimônio Líquido

A DMPL demonstra como o Patrimônio Líquido se comportou no período. O PL, como é chamado, pode ser entendido de maneira simples como a parte que caberia aos sócios, se todo o patrimônio da empresa fosse liquidado e as dívidas quitadas. 

Sendo assim, é um demonstrativo importante para que os sócios entendam a evolução do próprio patrimônio. Importante dizer que nele já está incluída a Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA). Apesar de sua inegável utilidade, é facultativa para a maioria das empresas.

Demonstração do Valor Adicionado

Mostra para quem foi dirigida a riqueza gerada pela empresa no período. 

A DVA serve para medir o impacto da empresa na economia, na sociedade e na comunidade, demonstrativo importante para gestores que tenham consciência social. Obrigatória somente para as empresas do tipo S/A.

Notas Explicativas

Como o nome indica são explicações sobre os demonstrativos contábeis. Descrevem observações, critérios de avaliação utilizados e informações adicionais, além de outros pontos que o responsável pelos demonstrativos julgou dignos de nota. Essencial para a correta interpretação dos demonstrativos contábeis. 

Além de ser informação vital para a completa compreensão das informações prestadas, é obrigatório para todas as empresas.

Por que analisar as demonstrações contábeis?

A análise precisa e constante das demonstrações contábeis é essencial para a correta tomada de decisão. Negligenciar essas informações é, além de um desperdício de dinheiro (afinal, você está pagando para seu contador gerar essas informações!), muito arriscado. 

O mundo dos negócios e finanças é, muitas vezes, nebuloso e traiçoeiro e os demonstrativos são verdadeiros “mapas do tesouro” que, com certeza, irão lhe auxiliar a escolher o melhor caminho, na hora de tomar as decisões para seu negócio. 

Além disso, demonstrações bem feitas são essenciais para apresentar a sua empresa a potenciais investidores, afinal, eles vão querer saber exatamente como ela está antes de colocar dinheiro nela. 

Por isso, é essencial que você conte sempre com a Contabilidade, a ciência da riqueza, para lhe informar e ajudar com as melhores escolhas para o seu negócio!

Para entender a importância de outros documentos que a sua contabilidade manda para você e ter mais controle sobre seu negócio, não deixe de assinar a nossa newsletter para conferir mais conteúdos como este! 

por Arthur Amaral – Ex-colaborador da Bessa